segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

O tempo passa depressa

O meu amigo - de quem vos falei logo no início, a quem tinha pedido um “ conselho genérico” e que “que se movimenta no meio gráfico” e de quem “consegui o conselho genérico” e que esperava “mais pormenores para continuar a ajudar”. ..( na altura acrescentei “Viva os amigos”) - voltou de férias e vai dar hoje uma olhada no trabalho feito. Esperando que ele ache que está tudo bem, podemos dormir de noite e entregar amanhã a arte final à gráfica.
Os colaboradores queridos a quem pedimos ajuda neste sentido fizeram o melhor que puderam, mas, às vezes, o tempo passa mesmo depressa.
Espero que o dia de hoje não passe muito depressa para o meu amigo – amplamente referido no primeiro parágrafo – e que ele possa olhar para a coisa.
Seja como for, a coisa amanhã vai para a gráfica. Senhor da gráfica prepare-se para receber a arte final dum eminente best-seller. Eh eh.

Sem comentários:

Enviar um comentário